Capital da Hungria, Budapeste é a cidade de dois lados – dividida pelo rio Danúbio, de um lado esta Buda e do outro está Peste. Dona de construções históricas imponentes e reconhecida por ter sido uma das cidades mais importantes do antigo império austro-húngaro – Budapeste tem história para contar e coisas para fazer em todo canto.

A língua oficial é o húngaro, mas, os moradores são muito receptivos com turistas, fazendo com que dê para se virar muito bem falando inglês na cidade. A moeda utilizada em Budapeste é o forint (HUF, Ft), que só pode ser adquirida na própria cidade, nas casas de câmbio (são várias espalhadas pela rua, então não é difícil de trocar o dinheiro lá). É sempre importante acompanhar a cotação enquanto planeja a viagem. A melhor maneira de se locomover pela cidade é a pé, basta ter um mapa na mão! Mas, o transporte público também é de boa qualidade, te levando a regiões de interesse que ficam um pouco mais afastadas do centro.

buda 2

Budapeste

O que fazer?

Em Peste, do lado leste do rio, está um dos cartões postais da cidade, o Parlamento Húngaro – uma construção gótica, que é tão bonita por dentro quanto por fora. Lá pode se ver a coroa de São Estevão, além de todos os corredores ornamentados. O número de visitantes por dia é limitado, então é melhor comprar o ingresso com antecedência, aqui.

Catedral de São Estevão (Szent István Bazilika) é uma das igrejas mais importantes de toda a Hungria. Com sua construção neoclássica e seus enormes sinos na fachada, chama atenção também por ser onde fica a mão mumificada do rei – fica no altar principal da igreja, e vale a pena subir na sua cúpula, porém, para isso, é preciso pagar FT500 forints.

Avenida Andrassay é uma importante rua desta parte da cidade, é cheia de lojas de grife, e vale muito um passeio pelos seus prédios ainda do tempo do império austro-húngaro. No final da avenida, fica a Praça dos Heróis, cercada pelos museus de Belas Artes e pelo Hall de Arte, e que tem, em seu centro, uma estátua do Anjo Gabriel coroando o rei – a praça fica em frente ao Parque da Cidade. Peste é cheia de museus! Além dos museus da Praça dos Heróis, há o Museu Nacional Húngaro, que conta a história do país e de seus habitantes – o ingresso para o museu custa cerca de FT1.600. O Museu do Terror é um museu sobre as vítimas torturadas e mortas nos regimes fascista e stalinista – o valor da entrada é por volta de FT2.000.

 

A Hungria é famosa pelas suas casas de banhos termais. Em Peste, a casa mais tradicional é a Gellért, onde se pode encontrar piscinas com várias temperaturas, massagistas, sauna… Os ingressos podem ser adquiridos aqui

budapest 1

Parlamento Húngaro

Atravessando a Ponte Széchenyi, para o lado oeste do rio, está Buda. A Igreja de Matias (Mátyás Templom), é uma imponente construção neogótica que foi palco da coroação do imperador Fraz Joseph e da imperatriz Sissi, na época do império austro-húngaro.(Há um museu dedicado a polêmica Sissi em Viena, e se quiser saber mais sobre o museu e sobre a cidade austríaca é só clicar aqui.) A entrada na igreja custa FT1.400.

Castelo de Buda foi a casa de muitos reis, e, além de sua arquitetura impressionante, pode encontrar a Galeria Nacional Húngara, que possui vários artefatos medievais, renascentistas, e góticas – a entrada no museu custa cerca de 1.400F. Aqui também fica a Biblioteca Nacional, que vale muito a visita, além da Fonte de Matias.

Bastião dos Pescadores é outro monumento que fica nos entornos do Castelo, dá uma vista linda da cidade. A Vázi Utca é a rua das comprar de Buda, além das diversas lojas, os cafés dessa rua são dignos de uma paradinha!

buda 1

Ponte Széchenyi

O que/Onde comer?

Hungria possui ingredientes e pratos típicos que enchem os olhos de qualquer um, então, prepare-se para comer muito bem em BudapesteGoulash é um dos pratos típicos, uma sopa feita com pimentão, carne e legumes. O langós é como uma massa frita, coberta com algo doce ou salgado, como nutella e creme de alho com queijo. A dobos é uma torta com várias camadas de pão de ló, recheada com chocolate e coberta com um caramelo bem crocante. Kürtoskalács é um pão que parece um tubinho, todo envolto em açúcar e canela ou amêndoas! Esses são alguns pratos que precisam ser provados!

Market Hall é um ótimo lugar para comer pratos da gastronomia húngara, assim como o Bors Gasztro-Bar. O Hoppacska é uma opção para uma refeição mais rápida, com um ótimo preço. O Szimpla Kert poussui um ambiente super legal e um cardápio bastante amplo, com muitas opções de pratos e lanches. A Panineria possui uma enorme quantidade de lanches. O Hungarikun Bistrô é um dos restaurantes de comida húngara mais famosos da cidade, uma parada quase obrigatória para os visitantes!

Hospedagem/Onde ficar?

A rede hoteleira em Budapeste é extensa e variada, é possível encontrar hotéis para todos os gostos e bolsos – desde hostels até hotéis luxuosos! Em Buda, a melhor região para se hospedar é perto do castelo, já que fica bem localizado e perto de todos os pontos turísticos. Em Peste, a melhor região para se hospedar é perto do parlamento, ou, o mais perto possível de alguma estação ou ponto de transporte público. E, o melhor de tudo é que o preço das hospedagens na cidade é bem mais em conta do que no resto da Europa.

Algumas opções de hospedagem são: Park Residence Budapest, Hotel Clark Budapest, Carlton Hotel e Avantgarde Apartaments.

Quando ir?

Vale lembrar que, em toda a Europa, as estações do ano são bem definidas – então, é importante decidir que tipo de cidade quer conhecer. No inverno (dezembro – março), as temperaturas chegam a bater os 3ºC negativos, então, não economize nos casacos. No verão (junho – agosto), as temperaturas ultrapassam os 26ºC, mas, os hotéis costumam ficar um pouco mais caros, por ser alta temporada. A primavera e o outono não tem temperaturas extremas, e costumam oferecer um ótimo preço, já que a cidade não fica tão cheia de turistas – e fica melhor ainda para fazer tudo a pé!

 

Gustavo Fundador
"Utilize os filtros abaixo para encontrar sua viagem com mais facilidade. Os valores apresentados já incluem todas as taxas."
Gustavo Fundador
"Utilize os filtros abaixo para encontrar sua viagem com mais facilidade. Os valores apresentados já incluem todas as taxas."