Montevidéu é um destino que tem atraído cada vez mais turistas. Não pra menos, a cidade é famosa pela história e pela alta qualidade de vida de seus moradores. Além de ter muitos lugares para conhecer e explorar.

A língua oficial do Uruguai é o castelhano, então, dá para enrolar um espanhol e se virar muito bem na cidade. A moeda utilizada é o peso uruguaio ($), e é importante ir acompanhando a cotação enquanto planeja sua viagem. A melhor maneira de se locomover pela cidade é a pé, pois não é muito grande e os principais pontos turísticos ficam bem próximos entre si. Mas, o táxi é outra boa maneira de circular

pela cidade, é barato e super confortável!

shutterstock_666592045 (1)

O que fazer?

Ciudad Vieja é um dos locais mais turísticos de Montevidéu, por lá ficam concentrados os monumentos históricos uruguaios. Passar pela Puerta de la Ciudadela faz parecer ter voltado anos no tempo, é o que restou do forte que protegia a cidade a muitos anos atrás. É um dos pontos preferidos dos turistas para tirar fotos!

Logo em frente fica a Plaza Independencia, onde ficam importantes construções da cidade, como o Palacio Salvo, um dos pontos turísticos mais famosos de Montevidéu: inaugurado em 1928, foi considerado um dos prédios mais altos da América do Sul, que pode ser visto de vários pontos da cidade. E o Palacio Estévez, que, por muito tempo, foi a sede do governo do Uruguai – hoje funciona como Museu da Casa do Governo, que expõe objetos pessoais de ex-presidentes. A entrada é gratuita.

Perto da plaza fica o Teatro Sólis, o mais importante do país, de uma arquitetura imponente e foi reformada recentemente. Sempre vale a pena dar uma olhada no site para ver se não vai ter nada legal em exibição durante a data de sua viagem.

Igreja Matriz é a principal catedral da cidade e é linda de morrer por dentro! Vale muito a pena dar uma passadinha por lá e prestar atenção em seus altares. A entrada é gratuita.

shutterstock_332147456

Palacio Salvo

Saindo da Ciudad Vieja, passando por toda a Plaza Independencia, chega-se a uma das avenidas mais importantes da cidade, a 18 de Julho – cheia de prédios antigos, lojas e muito movimento local! Há também o Mercado do Porto, um dos símbolos da cidade. É um dos mercados mais procurados por todos, cheio de restaurantes e lojinhas – além de ser onde se pode comer um dos tradicionais pratos uruguaios, a parrilla (carne uruguaia com batata frita).

Aos domingos, uma das grandes atrações da cidade é a Feira Tristán Narvaja, que toma várias ruas e vende-se o artesanato local, antiguidades até comidas e animais! Outra rua agitada da cidade é a Rambla, que fica na beira do Rio da Prata, e é onde os moradores se encontram para assistir o pôr do sol ou para fazer exercícios físicos.

A capital do Uruguai também é um bom lugar para fazer algumas comprinhas! Há dois grandes shoppings para se jogar nas lojas! Punta Carreteras era uma antiga prisão e é um dos shoppings mais visitados da cidade. E o Montevideo Shopping que é mais moderno, cheio de restaurantes e lojas – e, em julho e janeiro os preços são ótimos!

shutterstock_388408804 (1)

O letreiro da capital uruguaia

O que/Onde comer?

Comer bem é mais uma das coisas que Montevidéu pode proporcionar ao turista. São muitas opções de restaurantes, com preços bons – dá para comer muito bem pagando um valor ótimo. Como eu já disse lá em cima, um dos pratos uruguaios típicos é a parrilla, carne servida com molho chimichurri e batatas fritas. O chivito é um sanduíche também clássico, preparado com carne, ovo, presunto, queijo, tomate, azeitonas, e o que mais couber! E, é claro que o doce de leite não pode ficar de fora, as tortas recheadas são deliciosas, e, não podemos esquecer dos famosos alfajores!

O Bar Tabaré é um restaurante antigo e bem tradicional da cidade, com um cardápio variado e um preço bom. O Café Bacaray serve pratos tipicamente uruguaios em um ambiente super charmoso e com um preço razoável. O restaurante Punta Su Parrilla é um dos melhores lugares na cidade para comer este prato. Chivitos de lo Pepe é o mais famoso da cidade para comer o sanduíche tradicional. O Francis é outro ótimo restaurante.

Hospedagem/Onde ficar?

A cidade possui dois pontos principais de hospedagens para os turistas, o centro e a orla. Perto da Plaza Independencia, por exemplo, e do centro de Punta Carretas. A infraestrutura turística em volta é boa, com bons bares, restaurantes, cafés, lojas e todas as coisas importantes durante uma viagem. Os preços não são orbitantes, são parecidos com o que se encontra nas cidades brasileiras.

Algumas opções de hospedagem são: Punta Trouville Hotel, Dazzler Montevideo, Vivaldi Hotel e Hotel Alvear.

Quando ir?

A cidade possui as 4 estações do ano bem definidas, e uma média anual de temperatura de 17ºC – então, é importante ter em mente se quer ir no frio ou no calor. No inverno, os termômetros podem chegar aos 5ºC, e com um vento que piora ainda mais a sensação, então, não economize nos casacos! Já no verão, os termômetros passam os 25ºC, e é quando se pode aproveitar as praias de água doce da cidade, e fazer muito mais passeios a pé.

Gustavo Fundador
"Utilize os filtros abaixo para encontrar sua viagem com mais facilidade. Os valores apresentados já incluem todas as taxas."
Gustavo Fundador
"Utilize os filtros abaixo para encontrar sua viagem com mais facilidade. Os valores apresentados já incluem todas as taxas."