Talvez você possa conhecer um pouquinho do que seja a Nova Zelândia por notícias, conversas com pessoas que já foram para lá e outros meios, geralmente conhecem Auckland, a capital, mas saiba que existe muito mais do que possamos imaginar um paraíso cheio de ilhas num parte quase remota em meio ao Oceano Pacífico, os tais lugares abriram passagem para filmagens in loco como o do Senhor do Aneis, Avatar, Narnia e outras películas conhecidas.

1- Lake Tekapo

Quem gosta de tirar fotografias e ganhar uns likes a mais, é o lugar perfeito. Montanhas com gelo, um lago cristalino e um rústico templo fazem do lago um dos lugares mais lindos do país. Ele fica em Mackenzie Basin, cerca de três horas de carro de Christchurch, localizado na Ilha Sul da Nova Zelândia. As margens dos Alpes do Sul (Southern Alps), o lago impressiona por sua beleza pura vinda dos farelos de degelo da montanha. Ali também tem a Church of the Good Shepherd, uma igrejinha pequenina, mas como belíssimo vitrais.

A melhor opção é tentar ir de carro para lá, já que as excursões e formas de transportes diretamente para o lago tendem a ser bastante caras, mas tem várias opções como sobrevoar o lago ou ir via barco pagando. Em Tekapo você pode aproveitar bastante coisa também desde spas até brincar com as crianças descendo as montanhas em trenós. É diversão garantida.

Lago Tekapo

Lago Tekapo

2- Mount Cook/Aoraki

A montanha mais alta da Nova Zelândia é o Mount Cook/Aoraki. Com altíssimos picos ultrapassando os mais de 3 mil metros de altura e que foi usado bastante para treinamentos na exploração do Monte Everest. São cerca de mais de 23 picos desbravadores e elevados. Tem fácil acesso – pelo chão lógico – seguindo pela State Highway 80 e fica ao lado do Lago Pukaki e muito perto de Tekapo. De noite você terá uma visão linda das estrelas já que luzes artificiais poucos existem na região. Outra atração é o Glacial Tasmen com seus 27km de extensão, fazendo barreiras geográficas contendo lagos e campos de ervas.

Você pode se acomodar lá por perto de graça, mas a maioria dos locais são destinadas para alpinistas com algum conhecimento e experiência no assunto. Saiba mais aqui. Mas há outras opções com módicos preço até hotéis luxuosos. Pode tirar proveito de guias e até se arriscar nas escaladas mesmo que não saiba muito ou tenha um pouco de medo, mas se já está lá né…

Mount Cook/Aoraki

Mount Cook/Aoraki

3- Tongariro World Heritage Park

Já viu um vulcão? Que tal ver três de uma vez e que podem entrar em erupção a qualquer momento? Sim, o Parque Nacional de Tongariro, na Ilha Norte do país, contém alguns do vulcões mais ativos da Nova Zelândia: Ruapehu, Ngauruhoe e Tongariro. Além de conhecer toda a fervura do lugar que se contrasta muitas vezes com a neve nas encostas, você pode praticar snowboard e esqui por lá.

Se você gosta de pedalar, também tem essa opção para aproveitar os mais de 42 km de estrada que o parque te oferece. Ver caçadores e pescadores na região é quase que certo. O parque é liberado para tais práticas, então não se assuste. Para se acomodar no entorno da cidade em que o parque é abrigado, tem locais com valores bem baratos, mas também existe até um Chateau para se deliciar ainda mais dos vulcões de forma mais luxuosa.

Algum dos vulcões existentes no Parque Tongariro

Um dos vulcões existentes no Parque Tongariro

4- Milford Sound

Teve alguém que disse que é a “oitava maravilha do mundo”. E talvez esteja certo. Milford Sound, que fica também na Ilha Sul da Nova Zelândia, é um dos lugares mais espetaculares que a geleiras formaram durante séculos para a gente aproveitar e ver o quanto a natureza é muitas vezes inexplicável. A água formada entre as montanhas e quedas d’água – algumas com mais de 1.000 metros de queda – pode não ser a mais linda do mundo, mas que se deixa o cenário ainda mais belo, isso deixa.

Lá você aproveitar vários cruzeiros oferecidos pelas cidades que atravessam o Milford Sound. Se você quer viver mais perto ainda toda a natureza oferecida, dá para pegar um bote e praticar canoagem nos lagos profundos e quietos do Sound. Se não dá para enxergar muita coisa que existe dentro da água dá para conhecer no observatório de Harrison Cove.

Uma parte de Milford Sounds

Uma parte de Milford Sounds

5- Kawiti Caves

Quase ao extremo da Ilha do Norte neozelândes você vai encontrar cavernas espetaculares e que até brilham! Sim, brilham, mas por causa da quantidade imensa de vagalumes que fazem todo o seu ciclo vital por lá. Aos cuidados da família Kawiti, o conjunto de cavernas junta desde estalactites – como as do jogo do Aladdin que você tinha que usar pra escapar – como buracos deformados e com um teor um pouco até aterrorizante.

Um show a parte ficam por causa dos vagalumes que residem dentro das pedras trazendo assim uma iluminação inigualável e deixando uma paisagem mais alegre e inesquecível. Você pode aproveitar a visita com um guia que dura cerca de 30 minutos, mas vale bem a pena.

"Vida de Inseto" apresenta: Os Vagalumes ao vivo

“Vida de Inseto” apresenta: Os Vagalumes Live

Existem muitas coisas para se aproveitar na Nova Zelândia, lógico que para quem ter o espírio aventureiro vai aproveitar tudo por aqui, mas quem gosta de natureza e quer ver tal ligação e as belezas que ela tem para oferecer, não pode perder. Espero que a viagem tenha sido tão audaciosa como essas imagens transmitem, simplesmente magníficas.

Gustavo Fundador
"Utilize os filtros abaixo para encontrar sua viagem com mais facilidade. Os valores apresentados já incluem todas as taxas."
Gustavo Fundador
"Utilize os filtros abaixo para encontrar sua viagem com mais facilidade. Os valores apresentados já incluem todas as taxas."