Antes de eu vir para São Paulo, eu só conhecia a Avenida Paulista pelo Banco Imobiliário antigo, e olha que nem era uma das casinhas mais caras do jogo, era lá na parte amarela junto com a Av.Brasil e o Jardim Europa, próximo da ida pra Prisão.

Dica Importante: Para receber as melhores ofertas de passagens aéreas, clique sobre os mensageiros aqui (Whatsapp e Messenger), siga as instruções e se cadastre. Ao final desse texto, encontre as ofertas para esse destino.

Sempre via notícias sobre o lugar, via fotos do MASP e sempre quis conhecê-la. Talvez seja esses casos de topofilia que falam tanto. Mas após vir para cá em 2011, ainda assim demorei para ir até ela, hoje moro na região e não pude me segurar para falar sobre todas as atrações que a Avenida nos reserva e oferece, é incrível. Acompanhe comigo:

Parques

Vamos começar pela parte da natureza em meio à selva de pedra. E no percurso da Avenida Paulista você vai encontrar dois parques, o Parque Trianon e o Parque Mario Covas. O primeiro é o maior e abriga espécias nativas da Mata Atlântica. Lá dentro tem um pequeno parquinhos, vários bancos e uma pequena trilha mata adentro. Ele tem cerca de dois quarteirões indo até a Alameda Jaú e, para chegar lá, tem uma passarela onde muitos aproveitam para tirar uma foto. Já o segundo parque é mais contido, muitos usam para cortar caminho ou aproveitar os bebedouros disponíveis.

Interior do Parque Trianon

Interior do Parque Trianon

Explore mais:

Leve as crianças para o museu: Seis lugares em São Paulo para despertar a curiosidade dos pequeninos

Chicago: Conheça a cidade dos ventos e se encante por um dos destinos dos EUA mais procurados por brasileiros

Campos do Jordão: Explore as belezas naturais de uma das cidades mais procuradas por turistas brasileiros

Centros Culturais e Museus

Se é arte que você quer, então o jeito é ir para a Paulista. Na avenida tem várias opções para conhecer, descobrir e apreciar muitas intervenções artísticas, vejam alguns desses locais:

  • MASP – Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand: Um dos principais pontos turísticos de toda São Paulo desde 1968 devido a sua arquitetura, ou melhor, pelo seu vão livre. Local de encontro de início de passeatas e protestos, o MASP tem uma gigantesca importância para a história da Avenida Paulista, além disso, ele comporta várias atrações como exposições de famosos artistas mundiais, além de um restaurante e um café em seu subsolo. Funciona de terça à domingo das 10h às 18h, nas quintas vai até as 20h. Os valores são R$35 (inteira) e R$17 (meia), lembrando que nas terças-feiras a entrada é gratuita.
  • Itaú Cultural: Espaço cultural e de muita pesquisa onde são apresentados ao públicos várias exposições, mostras tecnológicas e muitos espetáculos artísticos como de teatro, música e dança. E tem a famosa Coleção Brasiliana que são vários itens sobre o que contém no Brasil, muito visualizadas nos Instagrans da galera. Funciona de terça à domingo entre as 9h às 20h em dias de semana e, aos finais de semana e feriados, das 11h às 20h. Entrada gratuita.
  • Japan House: Recém inaugurada, a Japan House trouxe mais um pouco da cultura japonesa para a cidade de São Paulo. No local há exposições, oficinas e vários cursos artísticos sempre cultuando o país oriental. Há também algumas lojas, um restaurante e um café especializados na culinária nipônica. Funciona de terça à sábado das 10h às 22h e, aos domingos e feriados, das 10h às 18h. Entrada gratuita.
  • Centro Cultura FIESP: Muito conhecido nas tardes de domingo devido aos seus shows, o local recebe vários tipos de exposições de fotografia, peças esculturais e de teatro, além de grandes festivais como o FILE (Festival Internacional de Linguagem Eletrônica), além de ter uma livraria e um café que mostra toda a arte de Burle Marx no complexo.  Funciona de terça à sábado das 10h às 22h e, aos domingos e feriados, das 10h às 20h. Entrada gratuita.
  • Casa das RosasUma casa simplesmente maravilhosa. Ela é dedicada a receber cursos, encontros literários, musicais e algumas sessões de cinema ao ar livre. O local é quieto e dá para tirar várias fotos, ainda mais dentro de seu jardim, que é bem bonito. Funciona de terça à sábado das 10h às 22h e, aos domingos e feriados, das 10h às 18h. Entrada gratuita.
  • Instituto Cervantes: Você deve conhecer o curso de espanhol que o lugar oferece, mas ele vai muito além disso. No térreo há um centro cultural que recebe exposições de produções artísticas vinda de países que falam o espanhol, além de uma biblioteca com uma bela coleção, e, se você se interessa, é um ótimo lugar para aproveitar. Ver a programação no site. A entrada é gratuita.
  • Instituto Moreira Salles: A mais nova atração da Avenida Paulista. O prédio tem sete andares e dá uma vista muito bonita da avenida. O local abriga exposições fotográficas, fonográficas, mostras, seminários e alguns shows e sessões de cinema, além de abrigar um restaurante e uma livraria. Funciona de terça à domingo das 10h às 20h, aos sábados e feriados, das 10h às 18h. A entrada é gratuita; para as sessões de cinema pode haver cobrança, veja no site.
  • SESC Paulista: Em abril teremos o SESC de volta para a Avenida Paulista com todas as atrações que um SESC promove para os seus usuários, fiquem de olho.
Linda tarde de domingo e o MASP

Linda tarde de domingo e o MASP

Cinemas

Para muitos saudosistas dos tempos de cinemas fora de shoppings centers, a região da Avenida Paulista abriga vários e, muitos deles, saem do lado comercial da sétima arte, recebendo filmes e documentários que poucos são procurados pelo grande público, o que facilita a entrada, além de sua preservação que ainda persiste.

  • Reserva Cultural: Abaixo do prédio da Gazeta, a Reserva Cultural é um desses lugares que persistem na luta de entrega de boa cultura fonográfica, literária e gastronômica. É ótimo para encontrar títulos de filmes nacionais e europeus que saem do percurso da maioria dos admiradores da arte.
  • CineSESC: Esse não fica na Avenida Paulista, mas é bem próximo, ali perto da esquina com a Rua Augusta. Lá acontecem festivais de cinema que incluem programação infantis e mostras com temas diversos. Algumas das atrações são gratuitos.
  • Cinearte: Dentro do Conjunto Nacional, o cinema existe desde os anos 1960 é um dos poucos cinemas de rua que sobrevivem nos dias de hoje. São somente duas salas que recebem programações comerciais e outros títulos
  • Caixa Belas Artes: Um dos mais antigos cinemas de São Paulo e que já passou por várias ações de reformas e fechamentos, o Belas Artes é um dos lugares preferidos por muitos paulistanos e não-paulistanos. Na esquina com a Rua da Consolação, é bastante conhecido pelos seus “noitões” com uma seleção de filmes que vão madrugada a dentro com um tema ou diretor/produtor específico.
  • Espaço Itaú de Cinemas: Outro cinema que fica na Rua Augusta e é um dos lugares que mais se parece com os cinemas de shoppings, mas também há espaço para filmes não-comerciais. Há outro espaço no Shopping Frei Caneca, próximo da Avenida Paulista.
A entrada do Conjunto Nacional na Avenida Paulista

A entrada do Conjunto Nacional na Avenida Paulista

Shoppings Centers

Eu não sou tão fã assim de shopping, mas tem gente que não consegue viver sem e na Avenida Paulista tem quatro por falta de um: um em cada ponta e dois no meio do caminho. É para não perder nada.

  • Center 3: Próximo da Rua Augusta, é o mais movimentados dos shoppings. Tem muitas opções de alimentação, por isso a sua alta procura, ainda mais pela região.
  • Cidade São Paulo: Esse eu vi sendo construído e foi ali que me impressionei pela rapidez das construções em São Paulo, agora metrô que é bom… Esse é o mais novo shopping da avenida, a diferença dele para os outros shoppings da região são as lojas de diversos artigos num lugar só, além de um restaurante do Outback em seu topo com uma bela vista para a avenida. Ah, tem um belo jardim ao seu lado que de noite fica com várias luzes e traz um clima romântico em meio à Paulista.
  • Top Center: O menor de todos. Mas é casa de marcas fortes tal qual a Forever 21 que abriga quase todo o primeiro andar do prédio.
  • Pátio Paulista: Não fica necessariamente na Avenida Paulista, mas é bem próxima. Com a recém reforma, é o maior de todos ali na região e há várias opções de lojas, cinema, alimentação, entre outros.
Fachada do Shopping Cidade São Paulo

Fachada do Shopping Cidade São Paulo

Galerias e Feiras

Para quem quer achar de tudo um pouco e com preços muito mais baixos que encontrados nos shoppings, na Avenida Paulista você também vai encontrar várias opções desse tipo. Como a Feira Como Assim? no Shopping Center 3, ela oferece brechós, itens de decoração, além de outros artigos de vestuários e design. No vão do MASP, aos domingos, tem a Feira de Antiguidades, uma das mais tradicionais de toda São Paulo. Há também galerias com vários tipos de lojas, desde eletrônicos à importados, desde artigos de cozinha à calçados. São várias opções distribuidas pela Avenida Paulista como o Shopping Veneza, Shopping Market Paulista, Boulevard Monti Mare e outra sem nome que fica na esquina com a Rua Pamplona.

Feira de Antiguidades sob o MASP

Feira de Antiguidades sob o MASP

Livrarias

Outra atividade bastante procurada na Avenida Paulista são as livrarias que são várias na região. Desde uma pausa para um café ou até achar aquela peça que queria, lá é o ponto certo para tal. Tem a Martins Fontes que abrange mais a literatura, você não vai encontrar eletrônicos ou brinquedos, lá o que se vê são livros e mais livros. A FNAC que respira por aparelhos, mas ainda é bastante procurada pelos admiradores, além da parte voltada para a literatura, também encontrará artigos eletrônicos e acessórios.

A maior delas, e a maior livraria do Brasil, é a Livraria Cultura que se encontra no Conjunto Nacional de 1969. Tem de tudo, você vai encontrar desde brinquedos a livros científicos pouco achados por ai. A maioria dos lançamentos de livros acontecem lá., além de palestras e rodas de conversas. Anexado à Livraria Cultura, tem a Geek.etc.br que é especializada na arte geek com livros, quadrinhos, filmes, jogos e bonecos.

Livraria Cultura

Livraria Cultura

Outras opções:

Lógico, não é possível que um lugar como esse não possa ter um bar não é? E tem vários, como o conhecido Charme da Paulista, com sua vista para o MASP e o nosso achismo de achar que é 24h. Há outros como na região do encontro com a Alameda Joaquim Eugênio de Lima onde há um conjunto de bares chamado de Prainha e bastante frequentado, além de outros botequins, bar e lanches e restaurantes distribuídos por toda extensão da Avenida Paulista

Outro ponto é o Mirante da 9 de Julho que fica descendo o MASP, onde tem uma belíssima vista para a Avenida 9 de Julho, com um café e atividades culturais desde filmes à céu aberto à shows em suas escadarias. Para atravessar a Rua da Consolação de forma diferente que tal conhecer a Passarela Literária da Consolação? Ele passa sob a rua e tem várias artes de grafite em suas paredes além de livros disponíveis para leitura.

Veja o mapinha abaixo com as localizações dos lugares que falei aqui em cima no decorrer da Avenida para você não se perder:

A Avenida Paulista é isso, com fácil acesso, você pode chegar à uma “simples” avenida e ter milhares de histórias ao mesmo tempo, ah, se possível, vá aos domingos onde ela fecha para os carros e é liberado para o público se divertir. Há vários artistas de rua dos mais diversos estilos desde circenses à músicos de rock pesado, é um conjunto alternativo para todos os gostos, se joguem. Outra lembrança, se for pra lá, me avisa, moro pertinho, a gente toma aquele negocinho e troca aquela ideia!

Gustavo Fundador
"Utilize os filtros abaixo para encontrar sua viagem com mais facilidade. Os valores apresentados já incluem todas as taxas."
Gustavo Fundador
"Utilize os filtros abaixo para encontrar sua viagem com mais facilidade. Os valores apresentados já incluem todas as taxas."